????????????????????????????????????

Esperança e renovação das perspectivas de crescimento do país. Estas são, segundo o líder do Partido Verde na Câmara dos Deputados, Evandro Gussi (SP), as principais consequências do primeiro mês de governo do presidente interino Michel Temer.

“É verdade que ainda temos muitos desafios pela frente. Ninguém poderia supor que, nesses 30 dias, nós tivéssemos as resoluções de todos os problemas nacionais”, afirmou. Dilma Rousseff foi afastada após o Senado Federal aceitar, por 55 votos a favor e 22 contra, o pedido de abertura do processo de impeachment no dia 12 de maio.

O deputado também apontou como avanços do novo governo a redução de 32 para 24 ministérios e de 4.307 cargos em comissão o que deve gerar, segundo especialistas, uma economia de R$ 230 milhões. Além disso, na avaliação de Gussi, a diplomacia brasileira voltou a ser guiada por critérios mais técnicos e de alinhamento com a tradição democrática do país, tendo à frente do Itamaraty o ex-senador José Serra como ministro das Relações Exteriores.

Eleições municipais

Evandro Gussi acredita que o sentimento de renovação que brota na população brasileira deve ser aproveitado, especialmente, neste ano de eleições municipais. “É fundamental que aqueles que pensam que o Brasil pode ser melhor ofereçam seus nomes, suas biografias, sua integridade e as suas competências a serviço do povo brasileiro”, disse.

Segundo o líder do PV, se doar através da política é um ato nobre. “Nós vemos que muita coisa já começou a mudar no país. Quero inspirar todos aqueles homens e mulheres de bem que se candidatem às eleições municipais como vereador, prefeito, vice-prefeito. A esperança que vem de Brasília e que brota de cada um dos rincões brasileiros deve servir para nos unir neste momento e dar ao país um novo caminho”, concluiu Gussi.

Fonte e foto: Assessoria de imprensa do dep. Evandro Gussi